terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Morrendo (poesia)






Estavam juntos, loucos de tesão um pelo outro

Eis que do ribombo do trovão, um curto circuito se operou

E umas fagulhas safadas incendiaram o quarto do motel

.
.
.
.

E a cena, tétrica, apareceu num programa policial local

Devidamente tarjada, claro

Mas dava para apreender duas coisas da imagem em “blur”:

Ali jaziam dois corpos carbonizados e

Os corpos estavam num delicioso 69.

Um comentário:

  1. Te convido para seguir meu blog e ler minhas crônicas.
    Abs
    Arnaldo

    welikson.blogspot.com

    ResponderExcluir