quarta-feira, 20 de março de 2013

A seco (poesia)




É simples o fato de eu não chorar com lágrimas: a maioria das pessoas, aposto,
não entenderiam um homem de 1,85m com os olhos marejados por aí, pelos cantos
*
*
*
Como a cada dia que passa estou mais misantropo, choro seco,
 engolindo a umidade da lágrima,
para não ter que dar uma explicação incoerente para as pessoas
*
*
* 
E qual o porquê do choro a seco?
Saudades dela, obviamente.

Um comentário:

  1. O eu poético chora a seco,já eu deixei mesmo as lágrimas rolarem.

    ResponderExcluir